COI anuncia novas modalidades acrescidas aos Jogos de Tóquio 2020


O Comitê Olímpico Internacional divulgou nesta sexta-feira as 15 novas modalidades que estarão no programa dos Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio. A entidade ainda divulgou as reduções no número de atletas em diversas provas. Vale lembrar que, de acordo com a Agenda 2020, lançada em 2014, o número limite de esportes na Olimpíada será de 28 e o de atletas de 10.500.

Veja abaixo a lista de recém-chegados aos Jogos Olímpicos:

Atletismo: 4x100m Misto
Basquete: 3×3 Masculino e Feminino
Boxe: Serão criadas duas categorias femininas e excluídas duas masculinas
Canoagem: Serão criadas três categorias femininas e excluídas três masculinas
Ciclismo BMX: Freestyle Masculino e Feminino
Ciclismo Pista: Madison Masculino e Feminino
Esgrima: Competição por Equipes Masculinas e Femininas
Judô: Competição por Equipes Mistas
Levantamento de Peso: Exclusão de uma categoria de peso
Natação: 800m M, 1500m F Livres e o Revezamento 4x100m Medley Misto
Remo: Será criadas uma categorias femininas e excluída uma masculina
Tiro com Arco: Competição por Equipes Mistas
Tiro Esportivo: Substituição de três categorias masculinas por três mistas
Tênis de Mesa: Duplas Mistas
Triatlo: Revezamento por Equipes mistas
Vela: Mudança de uma categoria mista (NACRA 17 será substituída)

 

Veja abaixo as alterações nas provas já existentes:
Atletismo: redução de 105 atletas
Basquete: acréscimo de 64 atletas (8 equipes no 3×3 em cada gênero com oito atletas cada)
Levantamento de Peso: Redução de 64 atletas para equilibrar o número de atletas entre os gêneros
Luta: Redução de 56 atletas em todas as modalidades para equilibrar o número de atletas no masculino e feminino no estilo Livre
Natação: Redução de 22 atletas
Polo Aquático: Redução do numero de atletas por equipes e o acréscimo de duas equipes femininas
Remo: Redução de 24 atletas para equilibrar o número de atletas entre os gêneros
Vela: Redução de 30 atletas para equilibrar o número de atletas entre os gêneros
Tiro Esportivo: Redução de 30 atletas para equilibrar o número de atletas entre os gêneros

Outra mudança é a transferência do número de atletas para alcançar o equilíbrio de gênero:
Boxe: Transferência de 44 vagas masculinas para o feminino
Canoagem: Transferência de 55 vagas para alcançar o equilíbrio de gênero
Ciclismo BMX: Transferência de 8 vagas para alcançar o equilíbrio de gênero
Ciclismo Mountain Bike: Transferência de 8 vagas para alcançar o equilíbrio de gênero e de 4 vagas masculinas para o Freestyle
Ciclismo Estrada: Transferência de 14 vagas para Freestyle masculino
Judô: Transferência de 38 vagas para alcançar o equilíbrio de gênero

Confira aqui o programa olímpico de 2020 completo. O que achou das mudanças?

Fonte: Surto Olímpico


Compartilhe essa notícia: