Atletas são excelentes influenciadores para a sua campanha. Entenda!


Nós falamos antes sobre o valor que atletas como Cristiano Ronaldo cobram para expôr uma marca em suas contas no Instagram. Agora vamos entender por que estes valores são tão altos e principalmente por que as empresas estão dispostas a pagar para ativar seus produtos através de esportistas.

Primeiro, vamos conhecer os tipos de influenciadores, para entender melhor este novo fenômeno. De acordo com a Frase, são três: Broadcasters, Legitimadores e Conectores. Cada um desempenha uma função diferente para despertar no público o interesse pelo produto e nele gerar credibilidade.

Um atleta se encaixa no grupo dos Broadcasters, cujos seguidores são heterogêneos, compõem diferentes públicos. A vantagem disto é que, ao se filiar a um esportista, a marca aparece para seus milhares de seguidores na rede social, que compram a ideia por uma ligação emocional com o atleta.

Além disso, existe a grande vantagem do post ficar disponível permanentemente, o que gera um número crescente de visitas de potenciais compradores do produto, e isso ocorre especialmente no Facebook. Um post do dia anterior aparece na sua timeline.

A análise da Hooper mostrou que Cristiano Ronaldo recebe 400 mil euros por post comercial no Instagram porque ele interage com milhões de seguidores espalhados pelo mundo, um Broadcaster de alcance global, e o fato dele postar com uma marca de celulares cria uma identificação que faz o seguidor querer comprar este exato produto.

No Brasil, a Bicampeã Olímpica Paula Pequeno, graças ao trabalho desempenhado pela assessoria, tornou-se uma influenciadora, sendo procurada por marcas de diversos segmentos para se aliar à sua imagem. Confira um post.

Quer saber mais como se aliar a um atleta? Entre em contato pelo e-mail contato@mvpsports.com.br ou WhatsApp (11) 99382-5737.


Compartilhe essa notícia: